HP é a empresa eletrônica mais VERDE do mundo

O Greenpeace, ONG ambiental, informou nesta segunda-feira que a multinacional americana HP é a empresa eletrônica mais ecológica do mundo por suas operações sustentáveis e critérios energéticos, enquanto a canadense RIM, fabricante do celular BlackBerry, é a pior. 

Em seu relatório anual “Guia para uma eletrônica mais verde”, o Greenpeace indica que a HP melhorou três posições no ranking mundial e se colocou no topo da lista, com 5,9 pontos, numa escala de 10. Logo atrás, ficaram a Dell, com 5,1 pontos, e a Nokia, com 4,9 pontos. 

A Apple, fabricante do iPhone e iPad, é a quarta empresa mais verde, após subir cinco colocações no ranking graças a seus “produtos verdes e operações sustentáveis relativamente fortes”. 

Philips, Sony Ericsson, Samsung, Lenovo, Panasonic e Sony seguem na lista das dez principais companhias. 

No outro extremo, a canadense RIM situa-se na última posição do ranking do Greenpeace, no 15º lugar, com somente 1,6 ponto. 
Veja as melhores opções em impressoras e com sustentabilidade para a sua aplicação de impressão em grandes formatos em http://www.lojadoplotter.com.br/
Fonte:

Perfil ICC – O que é ? Para que serve ?

Perfil ICC é arquivo de computadores de extensão .ICC com uma lista de informações de um espaço de cor a ser utilizado por um dispositivo como um monitor, impressora ou PLOTTER e sua exibição em tela ou impressão.
Por exemplo se seu monitor emite uma cor que você vê e ao imprimir em seu PLOTTER sai outra cor semelhante ambos precisam de uma calibração para um mesmo espaço de cor convertido.
O monitor usa o espaço de cor RGB que é um sistema  de cores aditivo e as impressoras o CMYK que é subtrativo e sendo o branco ( papel ) responsável pela ilusão impressa da luz.
Utilizando um equipamento para calibração de cores você pode verificar a cor emitida pelo seu monitor e calibrá-lo com a escala de cores desejada. Esta informação irá compor o arquivo de PERFIL ICC para o seu monitor .
E quando  compro cinco rolos de mídia e cada um tem uma tonalidade de branco ou está mais amarelado?
É necessário uma leitura com equipamento apropriado de uma tabela de cores  impressa em amostra de cada um dos cinco rolos se desejar que as mesmas cores sejam impressas com igualdade em todos eles. 

Nesta tabela poderá ser apropriado qual tom da cor se apresenta melhor com a mídia em teste, qual a carga de tinta também foi melhor absorvida e ancorada na mídia.


Algumas Plotters já vem com o espectrofotômetro embutido no carro de impressão e podem fazer até mesmo perfis ICC de forma automática sem ou com a intervenção do usuário.





Porém, pelo tom diferenciado em cada rolo, pessoas diferentes podem ver tons e cores diferentes nas impressões.

Monitores, Plotters, mídias e tintas diferentes criam cores diferentes.
As letras ICC da sigla significam International Color Consortium ou no português Consórcio Internacional de Cores que empresas fabricantes de monitores, impressoras e outros equipamentos o fundaram e o mantém tais como a Microsoft, Adobe, Agfa, Apple e outros.

Qual a vantagem de fazer um perfil ICC ?

– Confiabilidade das cores;
– Repetibilidade ou seja a reprodução várias vezes;
– Padrão de qualidade e diferenciação de sua empresa;
– Economia de tinta;
– Processos internos controlados;
– Apresentação diferenciada dos trabalhos;
– Ausência de retrabalhos;
– Segurança em prova de cor;



Fotos deste post : HP Brasil.

Vinil CAST ou Calandrado ?

Muitos usuários no momento de escolha do vinil a utilizar em impressões em PLOTTER tem dúvida sobre o vinil CAST ou CALANDRADO.
Na escolha deve ser considerada a aplicação para a impressão.
O vinil CAST é fabricado com matéria-prima de PVC e outros compostos diluídos com solventes em superfície lisa e de maneira geral tem espessura contínua em toda a largura e comprimento. O processo de CAST significa colocar um material enquanto líquido em um molde e solidificando com a forma deste molde. É fundido em sua forma.
O vinil CALANDRADO é passado pelas calandras ( roletes ) e pode não ter a espessura contínua em todas as suas dimensões alem de ser esticado ate a forma desejada.

Voltando a aplicação na impressão em PLOTTER em um dos tipos de vinil acima deve ser considerado por exemplo o ‘ efeito memória ‘ que no vinil CALANDRADO é maior pois este foi esticado e tende a voltar a sua forma inicial.
A adesivação automotiva tem muita influência na escolha do vinil pois na aplicação o aquecimento com secador do vinil impresso para acomodação nos contorno do veículo é normal mas depois….já imaginou um veículo com a adesivação toda encolhida? 
Encontre a melhor opção em impressão em PLOTTER para impressão em vinil e vinil adesivo em http://www.lojadoplotter.com.br/plotter/plotter-hp-designjet-L25500-latex.html

Formatos ABNT ( A0, A1, A2, A3 e A4 ) – Impressão e Cópia em Plotter

Você  tem  dúvidas  sobre o que é um desenho técnico, formatos, margens, dobras, cópias e dimensões padronizadas ? Veja abaixo de maneira suscinta o que cada um significa.

A norma da ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10068/87: folha de desenho – leiaute e dimensões. Rio de Janeiro, 1987, informa que as dimensões em milímetros de formatos para a apresentação de desenhos técnicos impressos e copiados ou não em PLOTTER são:

Repetindo em texto maior e mais claro as dimensões em milímetros dos formatos :

FORMATO AO – 1189 x 841
FORMATO A1 – 841 X 594
FORMATO A2 – 594 X 420
FORMATO A3 – 420 X 297
FORMATO A4 – 297 X 210
A norma da ABNT (NBR 13142 – DOBRAMENTO DE CÓPIA) recomenda procedimentos para facilitar que as cópias  técnicas impressas em PLOTTER sejam dobradas de forma que fiquem com dimensões, após dobradas, similares as dimensões de folhas tamanho A4.

Esta padronização facilita para arquivamento e armazenamento das impressões e cópias quando também no Brasil os relatórios em sua maioria são impressos em formatos A4.

Quando você imprime ou copia em seu PLOTTER o formato A0 este ocupa quase toda a área de impressão da mesa do PLOTTER :
Acima o formato A0 impresso em rolo de 914 milimetros de largura. Neste caso o formato A0 é impresso na menor dimensão – 841 milímetros – no rolo carregado de 914 milímetros.
Quando você imprime em seu PLOTTER os formatos de A1 até A4 o drive no computador aceita a configuração de otimização de papel com também rotacão dos desenhos para economia de papel imprimindo sempre a maior largura do arquivo na maior largura do rolo carregado na PLOTTER.

Outra opção seria comprar os rolos de papel já cortados em uma das medidas da maioria dos formatos a serem impressos comumente imprimindo ou copiando-os com economia de papel, mais rápidos e em alguns casos sem a necessidade de acabamento ( refilamento ) das margens. 


Veja abaixo que os PLOTTERs das linhas HP DesignJet T1300HP DesignJet T2300  e HP designjet T7100  já tem configuração padrão para dois rolos ou mais:

Acima o PLOTTER HP Designjet T7100 com rolo de 914 milímetros de largura carregado e com a gaveta acima pronta para carregamento de outro rolo.

Veja também :
Gostou deste post?
Fonte, imagens e figuras : AJS, ABNT e adaptado de HP Brasil – Treinamentos ;
   

   

Encontre a melhor solução para a sua aplicação, quantidade de impressões e rapidez em PLOTTER  na Loja do Plotter !
Se tiver curiosidade em desenhos técnicos e  normatização de desenhos técnicos consulte:
NBR 6492: Representação de projetos de arquitetura. Rio de Janeiro, 1994.

NBR 10068/87: Folha de  desenho – leiaute e dimensões. Rio de Janeiro, 1987.
NBR 13142/99: Dobramento e cópia. Rio de Janeiro, 1999.
NBR 08196 NB 806: Desenho tecnico – Emprego de escalas. Rio de Janeiro, 1999.
NBR 10647: Desenho técnico (terminologia) . Rio de Janeiro, 1989.
NBR 10067: Princípios gerais em desenho técnico. Rio de Janeiro, 1995
NBR 10126: Cotagem em desenho técnico .Rio de Janeiro,1987
NBR 6158: Sistema de tolerância e ajustes . Rio de Janeiro, 1995
NBR 8402: Execução de caracter de escrita em desenho técnico .Rio de Janeiro, 1994.
NBR 8403: Aplicação de linhas em desenhos – Tipos de linhas .Rio de Janeiro, 1984.

Papel Coated, Couchê ou Revestido ?

O processo de  REVESTIMENTO em máquinas industriais ou semi-industriais para aplicação de cobertura no papel de um ou dois lados com uma camada de adesivo, pigmento, caulim, látex, carbonato de cálcio e outros ingredientes secundários é denominada tinta de revestimento ou também os termos cobertura do papel, pintura do papel ou mesmo as formas estrangeiras “coating” e “couché”.
Ou  de forma genérica em português de papel revestido.
Coated ( coating ), couchê ou papel revestido tem o mesmo significado.
Consequentemente é um papel de melhor qualidade para impressão em PLOTTER ou outros tipos de impressoras e processos de impressão.
O processo tem como objetivo nas impressões em PLOTTER que tem os mais variados fins, de melhorar a aparência da impressão, melhorar a tonalidade das cores em imagens complexas e com muitos tons e, não permitir ou diminuir o ganho de tamanho dos pontos quando impressos.
O processo de ganho de tamanho de pontos acontece quando a tinta no momento da impressão e depois de impresso continua se espalhando e se misturando com outros pontos diminuindo a qualidade de impressão e consequentemente a aparência da imagem impressa.

Sistemas de Cores RGB ou CMYK ? O que são ?

RGB é a abreviatura do sistema de cores aditivas formado por VERMELHO (Red), VERDE (Green) e AZUL (Blue).
O propósito principal do sistema RGB é a reprodução de cores em dispositivos eletrônicos como monitores de TV e computador, “datashows”, scanners e câmeras digitais, assim como na fotografia tradicional.
Em contraposição, impressoras utilizam o modelo CMYK de cores subtrativas.
O modelo de cores RGB é baseado na teoria de visão colorida tricromática, de Young-Helmholtz, e no triângulo de cores de Maxwell. O uso do modelo RGB como padrão para apresentação de cores na Internet tem suas raízes nos padrões de cores de televisões RCA de 1953 e no uso do padrão RGB nas câmeras Land/Polaroid, pós Edwin Land.
Mistura das Cores
CMYK é a abreviatura do sistema de cores formado por Ciano (Cyan), Magenta (Magenta), Amarelo (Yellow) e Preto (“K”ey- do inglês=chave, pois é a base).
O CMYK funciona devido à absorção de luz, pelo fato de que as cores que são vistas vêm da parte da luz que não é absorvida. Este sistema é empregado por imprensas, impressoras, Plotters e fotocopiadoras para reproduzir a maioria das cores do espectro visível, e é conhecido como quadricromia. É o sistema subtrativo de cores, em contraposição ao sistema aditivo, o RGB.

Ciano é a cor oposta ao vermelho, o que significa que actua como um filtro que absorve a dita cor (-R +G +B). Da mesma forma, magenta é a oposta ao verde (+R -G +B) e amarelo é a oposta ao azul (+R +G -B). Assim, magenta mais amarelo produzirá vermelho, magenta mais ciano produzirá azul e ciano mais amarelo produzirá verde.
Mistura das Cores
O padrão CMYK é o melhor e mais usado para impressão, enquanto que monitores e televisões usam o padrão RGB, onde são usadas apenas três cores.

Como o CMYK que se usa na indústria gráfica é baseado na mistura de tintas sobre o papel e o CMYK usado nos sistemas de computador não passa de uma variação do RGB, nem todas as cores vistas no monitor podem ser conseguidas na impressão, uma vez que o espectro de cores CMYK (gráfico) é significativamente menor que o RGB. Alguns programas gráficos incorporam filtros que tentam mostrar no monitor a imagem como será impressa em Plotters.

Além do CMYK e do RGB, existem outros padrões de cores, como o Pantone, onde em lugar de um certo número de cores primárias que são combinadas para gerar as demais, tem-se um conjunto maior de tintas especiais, que misturadas entre si, produzem na impressão uma gama de cores consistente com o que é visto em um mostruário. Alguns Plotters imprimem grande parte também da escala Pantone.

Fonte : adaptado de Wikipédia

O que é Cor ?

r Cor é como o olho interpreta a reemissão da luz vinda de um objeto que foi emitida por uma fonte luminosa por meio de ondas eletromagnéticas.
A Cor não é um fenômeno físico. Um mesmo comprimento de onda pode ser percebido diferentemente por diferentes pessoas (ou outros seres vivos animais), ou seja, cor é um fenômeno subjetivo e individual.

SISTEMA DE CORES

Os sistemas de cores são tentativas de organizar informações sobre a percepção cromática humana. Pode-se tipificá-los como sistemas de Síntese Aditiva, onde a cor é percebida diretamente a partir da fonte luminosa; ou de Síntese Subtrativa nos quais a cor é percebida a partir do reflexo da luz sobre uma superfície.

ESPAÇO DE CORES

Espaço de cores (também sistema de cores ou espectro de cores) é um modelo abstrato matemático para formalizar a descrição de cores através de uma sequência de números, tipicamente formadas por três ou quatro elementos. RGB e CMYK são espaços de cores.

Um Espaço de Cor pode ser visto como um sistema definido por uma base representativa dos componentes, de acordo com a definição do espaço considerado. A representação de qualquer cor pode então ser feita à custa da combinação desses componentes. São normalmente tridimensionais.
Comparação entre o espaço de cores RGB e CMYK

SISTEMAS PICTÓRICOS

Também conhecidos por sistemas de Síntese Subtrativa, os principais são os que tentam determinar as cores primárias para impressão gráfica ou para as belas artes.

Cores primárias seriam um número mínimo de pigmentos a partir dos quais se poderiam obter as demais cores.
O sistema clássico é o utilizado em belas artes, que utiliza como cores primárias o vermelho, azul e amarelo (conhecido também por sua sigla em inglês RYB). Na pintura acadêmica clássica teoricamente as demais cores poderiam ser obtidas através destes pigmentos.

Atualmente as artes gráficas utilizam o sistema CMYK (Ciano, Magenta, Amarelo e Preto). O sistema é baseado nas cores primárias propostas por Goethe (púrpura, azul-celeste, amarelo), convertidas em CMY (ciano, magenta e amarelo), e que foi padronizado pela DIN com a adição do preto (K) para destacar as sombras, sendo o branco do papel responsável pela ilusão impressa da luz.

A Pantone possui o mais conceituado sistema para cores exatas e também possui um sistema baseado em seis cores primárias, chamado de Pantone Hexachrome.

Um método bastante utilizado para organizar as cores são a chamadas rodas de cores. Podem representar qualquer sistema de cor. A mais famosa delas é a Roda de Oswald baseada no sistema RBY utilizado nas belas artes. O sistema de Chevreul propõe uma esfera onde as matizes e tons estão representadas no equador e um eixo vertical indica o brilho e saturação. Outro exemplo é o sistema esférico de Otto Runge.

Fonte : adaptado de Wikipédia.

Que Gramatura Utilizar em Impressões em Plotters ?

Que gramatura de papel utilizar em minhas impressões em PLOTTERs?


Esta dúvida pode ser sanada com as seguintes indicações :

– Quanto maior a gramatura de seu papel para PLOTTER, melhores serão impressos os contornos e transições de tons em sua imagem ;

– Maiores gramaturas ancoram melhor a quantidade de tinta jateada pela cabeça de impressão do PLOTTER fidelizando a indicação acima ;

– Um papel para PLOTTER muito fino permitirá a migração da tinta ;

– Quanto maior a gramatura do papel para PLOTTER  mais profissional será a impressão e aí está a sua indicação ;

– O usuário deve procurar sempre marcas de tradição para a sua impressão. A experiência de mercado conta muito neste quesito e há marcas com mais de quinhentos anos de contínua fabricação e consequente experimentação de papeis para PLOTTER e outras áreas afins;

– Verifique sempre a fibra de fabricação do papel, se algodão ou celulose  ;

– Verifique sempre a aplicação para a impressão. Papel de  algodão tem uma durabilidade melhor e mais duradoura.
Fonte: AJS – Venha conhecer e testar o melhor papel e gramatura para sua impressão em nosso show room !!!

Papel Fosco ou Brilhante ?

Muitos usuários de PLOTTERs tem a dúvida na hora de imprimir na escolha de papel para PLOTTER fosco ou brilhante para uma melhor apresentação de impressões em grandes formatos.

O foco deve ter como direção qual a finalidade da impressão em grande formato no PLOTTER.

Se se deseja destacar as cores da imagem, deve-se usar papéis brilhantes.

Se o foco são os detalhes, direcione para um papel para PLOTTER fosco que contornará melhor os tons nas transições da imagem impressa.

Um cuidado depois de pronto é a exibição da impressão, considerando se irá ser exposta por exemplo sob foco de luz ou não. O exemplo seria em  uma galeria de arte ou um foco de atenção em alguma feira ou convenção.

Para este fim a impressão em papel brilhante pode gerar reflexos e não ressaltar os elementos desejados como intenção de foco na impressão.

Reservatório de Resíduos das Cabeças de Impressão – Plotter HP DesignJet L25500 – CH622A

A Plotter HP DesignJet L25500 além do Kit de Limpeza das cabeças opera também com o Reservatório de resíduos das cabeças de impressão que fica instalado atrás do equipamento em suporte próprio.
Este reservatório também é um suprimento pois depois de algum tempo fica cheio e deve ser descartadado.

Veja abaixo foto do Reservatório instalado na Plotter HP DesignJet L25500:

Abaixo foto do Reservatório instalado no suporte próprio da Plotter HP Designjet L25500 
( notar a mangueira de condução dos resíduos ) :

Abaixo foto do kit ( CH622A ) fora da plotter HP Designjet L25500:

Solicite o recolhimento dos Kits de limpeza e manutenção e cartuchos para descarte por telefone 11-4004-7751 (Grande São Paulo) ou 0800-709-7751 (demais localidades) ou on-line;