Plotter HP Designjet T120 em Belém – Pará

A Loja do Plotter vendeu e entregou mais um plotter HP Designjet T120 na cidade de Belém no estado do Pará na região Norte do Brasil.

O cliente, um escritório de arquitetura que já possui um plotter HP Designjet 111, completou sua necessidade de imprimir diretamente de tablets e aparelhos celulares quando chega de obras ou vistorias e quando recebe clientes que fazem rascunhos ou tiram fotos de produtos que querem em seus imóveis em construção e reformas.
   
  
Igualmente prática e ideal para empresas que desejam apresentar a seus clientes as plantas de levantamentos topográficos feitos e futuros projetos pretendidos.

Ideal para obras em locais de geografia difícil e com estabelecimentos de prestação de serviços ; MOBILIDADE !!

Ideal para obras iniciando onde se tem a necessidade de impressão de urgência, adaptações e mudanças de projeto ;

Ideal para stands em feiras que desejam demonstrar softwares, produtos e afins e para impressão de projetos, desenhos, propostas e folders.

O plotter HP Designjet T120 utiliza o cartucho de alta capacidade com 80 mililitros, referência CZ133A  que fornece longevidade na quantidade de impressões e qualidade aparente.
   
Veja também :
  
Qual a Diferença Entre os Plotters HP Designjet T120 e T520 ?

Fonte e créditos foto quarto de criança : Site CASA
Foto Plotter no container : HP Brasil

Plotter HP Latex – Impressão de Cortinas e Abajures

Como já publicamos aqui em 2012, a impressão direta em tecidos e canvas para personalização de ambientes com abajures, cortinas e persianas já era um sucesso desde a primeira geração da linha HP Latex.

Mais uma aplicação em impressão digital em plotters para personalizações de ambientes com a intenção de composição de decoraçãocenários, tampar um ponto na parede do ambiente e proteger o ambiente da luz como comumente em casas e escritórios.

Na terceira geração da linha de plotters HP LatexHP Latex 335, HP Latex 365, HP Latex 315 e HP Latex 570 – a impressão personalizada está ainda mais fácil, rápida e com resultados melhores com o constante desenvolvimento da família de tintas HP 831 na impressão direta em tecidos.

Veja também outras aplicações para seu plotter HP Latex :

Não Fique Só Na LONA – Veja as Alternativas – Coletânea

PLOTTER – Preço de Impressão X Distância de Visualização

Em muitas instalações que realizamos e em clientes que depois visitamos no pós-venda a reclamação é principalmente do custo de tinta e operação do PLOTTER

É complicado interferir ou opinar quando o empresário já tem uma opinião formada e se baseia na informação de balcão de clientes interessados unicamente em pagar menos, fundamentada principalmente no preço do concorrente na mesma cidade ou região. 

Um novo processo de informação há que ser feito para que este mesmo empresário seja abastecido com novas informações e ele mesmo chegar a conclusões. Terapia…..diferentes mercados, clientes e até mídias.


O processo antigo e viciado é que não se estuda a máquina que o concorrente tem, a estrutura, configuração da empresa do concorrente para pagamento de impostos – por exemplo empresas classificadas como ‘micro empresas’ ou Eireli – e número de funcionários. 

Este que reclama está querendo entrar em uma área de atendimento que outro já atende. 

Neste modelo o foco único se torna o preço final. O cliente final adora…

Mas dá para imprimir tudo e para todos com a mesma máquina, tecnologia e tinta original ?

Veja primeiro a necessidade de exposição da impressão :
A impressão será exposta interna ( indoor )  ou externa ( outdoor ) ? A qual distância seu cliente deseja que seja visualizada ?
Perceba abaixo na próxima figura uma proposta de qualidade de impressão fazendo relação entre número de passadas, mídia impressa e distância de visualização :
Ou seja, otimização dos recursos disponíveis para enfrentar uma concorrência quem sabe, despreparada e ancorada somente no preço da tinta !
 

Impressão Digital em PLOTTER – Qual o Bloco Vai Colocar na Rua ?

Acabando o Carnaval….amanhã é 1º de Março !!

Qual bloco vai colocar na rua ?


Lembre-se, há poucos ‘Carnavais’ atrás sua empresa tinha poucos  blocos e poucos foliões. A marcha era lenta e com poucos instrumentos !

Eram poucas possibilidades dentro da caixa e quase tudo estava debaixo da curva.

Hoje, são muitos foliões e muitos blocos. A cada Carnaval novos blocos são criados e a marcha é em muitos casos digital e toca 24 horas sem parar. Poucos ficaram dentro da caixa e a curva se estende para vários mercados.

Fazer a mesma coisa da mesma forma e esperar resultado diferente ! Einsten já dizia que não daria muito certo há mais de setenta anos atrás.

Qual bloco vai colocar seu PLOTTER para desfilar ? Papel de parede, Promocionais, Impressão em Tecidos, Eventos ?

Não há preconceito !! Vista esta camisa !!

 

PLOTTER – Quarto de Criança – Decoração Digital

Janeiro…época do ano que famílias e empresas planejam o que querem fazer durante o ano e para os próximos. Algumas famílias esperam pelo nascimento do filho e sonham com o quarto da criança e em como decorá-lo, quais cores, quais materiais e móveis. 

Selecionamos a matéria com 33 quartos de criança do site Casa. Quartos para todos os gostos e  onde também empresários do setor de decoração e/ou focados em decoração digital, podem verificar itens que já fazem no seu portifólio ou que ainda não o fazem. 

Veja algumas idéias da matéria do site Casa :
A quantidade de produtos que podem ser impressos como adesivoscaixas, o dado, o quadro na parede e o puff que podem ser feitos com impressão digital na foto do quarto abaixo…..

 

No quarto de criança da foto abaixo, adesivos para a parede do guarda-roupa…
   
   
Já no quarto de criança da foto abaixo percebe-se oportunidades com almofadas e papel de parede impresso para decoração digital ….
   
  
Mais uma opção para o quarto de criança com personalização em papel de parede …. e almofadas …  
   
   
Agora opção de abajur também personalizado para o quarto de criança …
     
….e para terminar,  mais um ambiente coadesivações e papel de parede !!!
    
Ou seja, para você que está recebendo uma nova vida em seu lar, pode recebê-lo da melhor forma, qualificando o ambiente para a melhor recepção e convívio do bebê, família e visitas !!!

Para o empresário de impressão e decoração digital um nicho pouco explorado ainda no Brasil !!!
Fonte e créditos das fotos : Site CASA

Os créditos, projetos e arranjos dos quartos das fotos acima são do site CASA, que indica no link em cada foto, os arquitetos, decoradores e projetistas pertinentes. Clicando na palavra CASA será redirecionado ao site para confirmação das informações e instrução.

PLOTTER – Inspiração

Precisamos sempre de inspiração. Levantar da cama todo dia acreditando que virá do trabalho e de nossa competência o resultado.

Em meio a tantas adversidades há quem invista. Recentemente, em um almoço com um cliente, me informou que investiu em um novo PLOTTER de uma área de negócio que nunca tinha imaginado imprimir. Com o investimento e desafio já no primeiro mês recebeu uma encomenda de dois mil metros de impressão em tecido. Comprou a mídia, terceirizou a calandra, fez parcerias e movimentou o negócio. 

Nesta linha colocamos aqui na íntegra a entrevista do estilista Ronaldo Fraga ao  Blog do PCO sobre o seu investimento e inauguração de novo espaço com a sua identidade e gosto pelo que faz.

Ronaldo Fraga lança a moda de juntar prazer com negócio
    
O estilista mineiro Ronaldo Fraga fez e aconteceu em 2016. Em plena crise econômica comprou um casarão de 1920, restaurou e transformou a edificação em muito mais do que um espaço para mostrar as suas roupas, tombado pelo Patrimônio Histórico, o casarão foi totalmente restaurado para atender a demanda do estilista, que a batizou de Grande Hotel Ronaldo Fraga. A ideia é a de que de tempos em tempos, ele também abra espaço para outros estilistas e grifes. O local também terá uma barbearia, o Café Dona Diva, o mesmo do Mercado Central, e alfaiataria masculina, assinada por seu irmão, Rodrigo Fraga, além do clube Rex Bibendi, com vinhos produzidos no estado e uma pequena livraria. Mas Ronaldo Fraga investiu além do imóvel. Ele surpreendeu ao apresentar a sua coleção nas passarelas em um desfile com modelos transexuais para denunciar os assassinatos de transgeneros no Brasil. O estilista também costuma buscar o trabalho de costureiras e bordadeiras em cooperativas pelo país, e é usando a sua criatividade, que está passando longe da crise econômica brasileira.  
    
Em um momento de crise, com os investimentos no país parados, você compra um casarão, restaura e o transforma em um espaço de moda e convivência. Como é fazer um investimento como este neste momento?

Tem uma coisa que eu sempre falo: a minha relação com o meu ofício sempre ultrapassou a relação para ganhar dinheiro. Sempre foi uma relação do ofício com uma visão de mundo. A moda é um vetor em que ela é mais do que roupa. Ela reafirma cultura, fala de política e tem tudo para transformar o olhar do outro. Mas tem uma coisa que é ainda mais poderosa, que a moda consegue como a arte, é lançar luz e enxergar poesia em terreno árido. E neste momento em que estamos vivendo em terreno árido no Brasil, é preciso que a gente fale de poesia. É preciso que a gente jogue sementes nesse lugar, porque é só assim que nós vamos transformar. Só assim nós vamos dar força para as pessoas. Não é só eu que quero entrar em uma casa, em um casarão de 1920, que conseguiu escapar da fome das imobiliárias, das incorporadoras. Eu quero, você quer, seu filho quer, o filho da sua empregada quer. Esse era um desejo antigo, que eu sempre protelei.  
   
Melhor do que uma loja tradicional?

Os shoppings no Brasil me oferecem loja de graça. Mas o meu negócio não é este. Eu gosto de comércio de rua, de casa. Queria um lugar que tivesse piano, que tivesse música, que tivesse um café, que tivesse uma barbearia, que tivesse um salão de beleza, que tivesse uma livraria, que tivesse até roupa. Mas a roupa aí é até um detalhe. Estou recebendo as pessoas aqui, como se estivesse recebendo na minha casa. Essa é a minha filosofia e sempre foi com o meu trabalho.  
    
Parece a realização de um sonho. É isso?

É um sonho realizado. É um projeto antigo, que eu espero que as pessoas que também têm essa vontade vão e façam. É fácil? Não é. Tanto que foi um ano de obra, porque é caro, porque é difícil. O ano do país é difícil. Mas decidi ir até o final. Me perguntaram por que não fiz esse projeto em São Paulo, a minha clientela é toda de lá, tanto quanto aqui. Mas a cidade em que eu nasci, a cidade que escolhi para criar meus filhos, a cidade que é a minha fonte de alimento é Belo Horizonte. Eu posso fazer em qualquer outro lugar do mundo, mas eu começo em Belo Horizonte.  

Qual foi o custo deste investimento?

É alto, mas eu nem ponho no papel, porque se não, eu não faria. Isso é cabeça de financista: vou fazer isso, vou ganhar isso. Não. O que eu vou ganhar aqui é imensurável.  
Em seu trabalho você também busca costureiras, bordadeiras e trabalho artesanal com cooperativas. É quase um trabalho social. Onde você busca essas pessoas?

Eu nem falo que é um trabalho social. É um trabalho de alimento e esse alimento é uma via de mão dupla. Elas ganham e eu ganho também. Eu preciso desse oxigênio e passar para elas o máximo do pouco que eu sei. Isso me alimenta deste o início e continua me alimentando. Busco encontrar cooperativas no Brasil inteiro e os bordados estão em via de extinção e é isso que me interessa.  

Isso faz o seu trabalho e a moda serem mais prazerosos?

Isso é que justifica para mim a existência do meu ofício. Não sei se a moda, mas o meu ofício sim.  
Como está a situação das indústrias de confecção nessa crise?

No meu caso particular, Ronaldo Fraga, não tem crise. Trabalho com um grupo, que não é esse grupo que trabalha em larga escala. Mas também nunca fui de olhar para o meu próprio umbigo. A indústria têxtil está por um fio. É um setor que está padecendo. Este setor é o segundo maior gerador de empregos no país e padece devido as taxas e impostos. A minha briga é por isso.  
Nesse momento turbulento no país, o que você acha que o governo deveria fazer para a indústria funcionar?

Esse governo chegou a um ponto em que tem tanto para ser feito, que é difícil falar. Mas sou otimista. Nós estamos passando por um momento em que o reboco da cara está caindo e tomara que o Brasil revele a sua cara para tentarmos consertar. Nós já passamos por tantas crises. Nós estamos em guerra, mas não é só no Brasil, é no mundo. Tem uma nuvem de extrema direita, conservadora, que está tomando conta do mundo e isso eu acho perigoso. O Planeta Terra está em uma situação frágil.  
E para 2017, quis as perspectivas? 

Estamos longe de sair do fim do túnel.

FONTE DA ENTREVISTA : BLOG DO PCO

Onde Vender Serviços de PLOTTER ?

Morrem os empregos, nascem as pequenas e micro empresas


O número de empresas abertas entre janeiro e setembro deste ano aumentou 1,3%, somando 1.542.967 novas companhias. 

Foi a maior quantidade já registrada desde 2010, segundo o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas. 

Apesar de ter atingido um recorde no período, em setembro último comparado a igual mês do ano passado, houve retração de 6% com o surgimento de 162,9 mil empresas. 

Na avaliação dos economistas da Serasa Experian, o crescimento do desemprego é que está estimulando o empreendedorismo. “Pessoas que perderam seus empregos estão abrindo novas empresas visando alguma renda dadas as dificuldades econômicas atuais”, diz a nota técnica da Serasa. A maior parte dos registros (79,1%) é de Microempreendedores Individuais (MEIs) que, em 2010, representavam menos da metade (45,9%). Segundo a pesquisa, a crescente formalização dos negócios no Brasil é responsável pelo aumento constante dos MEIs. Nos nove primeiros meses deste ano, este gênero cresceu 5,3%, atingindo 1.159.388 novas ações. 

Em Minas Gerais surgiram 169.815 empresas (11,% do total) e no Rio de Janeiro (166.880 e 10,8% do total).

São milhares de novas oportunidades em impressão em PLOTTER de projetos de escritórios. Ambientações com adesivações, logotipos, caracterizações, móveis, placas, balcões em empresas para atendimento.

Coloque sua equipe de vendas em campo !! PLOTTER parado ? Porque ?
  



Fonte : BlogdoPCO

PROJETO – Direitos Autorais

Para aqueles que imprimem no PLOTTER arquivos de projetos de terceiros em sua empresa de plotagem, copiadoras, fazem cópias, digitalizações e envios, muito cuidado com estes mesmos arquivos e propriedade intelectual.
Muitos boatos de cópias e guarda espontânea de arquivos são divulgados na famosa rádio peão sem o consentimento do autor. Aquela velha expressão de que se vai usar só a ideia da estante na cozinha que estava no desenho, já era ! Veja abaixo :


“Um arquiteto conseguiu na Justiça o direito de ser indenizado pela fabricante de tintas que usou a imagem de uma casa projetada por ele nas latas do produto e em material publicitário, sem sua autorização nem indicação de seu nome como autor do projeto. O uso da imagem havia sido permitido pelo proprietário do imóvel. Ao analisar o caso, a Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) entendeu que a criação intelectual “guarda em si aspectos indissociáveis da personalidade de seu criador”, razão pela qual “a mera utilização da obra sem a devida atribuição do crédito autoral representa, por si, violação de um direito da personalidade do autor” e é, portanto, sujeita a indenização, como afirmou o relator, ministro Marco Aurélio Bellizze. A fabricante de tintas alegou que foi autorizada pelo proprietário, mediante pagamento de R$ 30 mil, a reproduzir, com fins comerciais e durante 20 anos, a imagem da fachada de sua casa. Sustentou ainda que a imagem havia sido captada em logradouro público, o que é permitido pelo pela Lei 9.610/98. No processo, o arquiteto requereu reparação por danos morais e patrimoniais no montante de 5% sobre a venda das latas de tinta e de 10 % sobre o gasto com o material publicitário que continha a imagem da casa.”

Ou seja, tudo tem dono !! Há que se respeitar e se cuidar !

A casa é uma “coisa”, o projeto outra !! O proprietário da casa é uma pessoa, o arquiteto outra !! Um contratou o outro para prestação de serviço, serviço intelectual !!

   

Fonte : BlogdoPCO
Imagem : HP Brasil

Perfil ICC ou Perfil de Cores para PLOTTER – Porque e Para que ?

Eu uso o mesmo perfil ICC para todas as mídias que imprimo no PLOTTER !!!
Esta frase, antiga, é o que ainda sugere a forma de trabalho de muitos prestadores de serviço que, mesmo com o avanço tecnológico dos PLOTTERs, a facilidade de informação, comandos e navegação no painel do PLOTTER em português, a quantidade de mídias disponíveis no mercado com perfis ICC para baixar nos sites dos fabricantes, continuam imprimindo da mesma forma que imprimem na impressora de mesa – rápido, melhor e qualidade.
Veja na imagem a diferença de impressões sem e com perfil ICC feito para a mesma mídia. 
    
Veja também :
                                                           

Plotter – Comunicação Visual – Mensagem

 

Uma mensagem diferente, muda a “COMUNICAÇÃO VISUAL” de sua empresa, pode trazer o encontro com o cliente para um patamar diferente.

PLOTTER parado, crise, falta de serviço, vamos pensar, fazer diferente !! Veja este Display, a mensagem muda ou não a sua chegada para fazer exames ?!!?
     
Fonte : Totem na recepção do Laboratório São Marcos em Belo Horizonte – MG